Dicas para quem quer trabalhar com redes.

Nos últimos anos as empresas vêm se informatizando para aperfeiçoar processos e facilitar a vida dos funcionários, e com isso surge a necessidade da criação de redes de computadores, pois já que em grande parte dos casos as empresas acabam optando pela inserção de um servidor, tanto para a segurança da informação quanto para a melhor organização do ambiente corporativo. E para gerenciar todo esse processo de implementação de rede, as empresas vêem cada vez mais a necessidade de contratar especialistas nesse tipo de serviço.

Se você possui interesse em fazer parte desse processo sendo analista de redes existem alguns passos a serem traçados para o desenvolvimento da profissão  até a chegada no mercado de trabalho. Se você deseja prestar um serviço de qualidade e garantir boas oportunidades de emprego para tornar-se um profissional renomado, existem alguns passos importantes a seguir, são eles:

Cursos e Graduações: O primeiro passo para ser um profissional de qualquer área é a busca de conhecimento sobre o assunto, as faculdade de ciências da computação são um bom começo. Já que em muito dos casos as empresas exigem que seus funcionários sejam graduados, procure um curso próximo a você que te de suporte para aprender todos os processos de rede e demais informações sobre computadores, com isso você estará aprimorando conhecimento e também conhecendo outras áreas de computação que também podem te interessar.

Outra dica é enriquecer o seu conhecimento com palestras e cursos. Muitas empresas renomadas do meio tecnológico fornecem diplomas gratuitos para quem fizer as suas provas online (por exemplo, a Microsoft Certified Systems Engineer) e também workshops. Esses cursos além de aumentarem a sua gama de conhecimento servem como certificado de horas complementares para a sua graduação.

image

Procure por estágios: Enquanto você ainda estiver se especializando, a busca por estágios irá auxiliar com os custos do curso e ainda permitir que você tenha experiência de processos de rede de forma pratica, procure empresas que você tem interesse em um dia ser um funcionário efetivo e envie currículos para estágios, o bom desse tipo de contratação é que ele aumenta a chance de que ao final do curso você seja efetivado e passe a ser um funcionário CLT e com grandes chances de subir de cargos.

Esteja atualizado: Estar sempre atento as novas tecnologias e informações sobre o assunto através de blogs e portais voltados ao tema é uma forma fácil de saber sobre os novos lançamentos e tendências. Essa é uma ótima forma de apresentar os produtos aos clientes e assim desenvolver estratégias de acordo com a necessidade de cada tipo de empresa.

Tenha cuidado: Uma dica importante é ser muito cuidadoso durante todo o processo de montagem das redes, não tenha pressa, assim você limita as chances de erros e garante um serviço de qualidade e sem riscos a nenhuma das áreas da empresa. Durante as manutenções fique atento a todos os passos que você dará, jamais faça qualquer tipo de alteração sem antes estar ciente de quais áreas serão afetadas pela mesma.

Seja comunicativo: Saber explicar para o cliente todo o processo de instalação da rede desde a montagem dos Racks para Servidor até os registros de IP e por fim a ativação da rede é algo muito importante. Isso trará credibilidade para a sua área e irá mostrar para o cliente que o investimento em um profissional de qualidade sempre vale à pena.

Enfim, ser um profissional de redes é algo trabalhoso, mas que traz também muitos benefícios, se você gosta e entende da área, esse é um mercado que está aquecido no Brasil e o numero de profissionais preparados é pequeno, portanto, as chances de você conseguir um bom emprego são grandes. Portanto, essa é a hora de se especializar e assim conseguir uma boa carreira dentro de uma ótima área do ramo da tecnologia.

Leia Mais

Dicas de como manter o chopp gelado durante a festa

Festas ou reuniões de amigos são sempre mais gostosas quando há uma bebida única para servir a todos os convidados. O chopp gelado, por exemplo, é uma ótima pedida para essas ocasiões por ser refrescante e muito saboroso.

No entanto, nem todo mundo sabe como preservar a bebida e mantê-la gelada durante todo o evento. Acredite: essa tarefa não é tão difícil quanto aparenta ser. Para garantir esses resultados, basta investir nos equipamentos adequados!

Para conservar o chopp, é fundamental mantê-lo num barril. Quando aberto, a bebida dura no máximo 48 horas. Se fechado e refrigerado, o chopp tem validade de até dez dias. Portanto, para preservá-lo é melhor abrir o barril somente na festa.

Além do barril, é essencial investir numa chopeira, equipamento que funciona com CO2 ou nitrogênio, gases que fornecem pressão para tirar o chopp e garantir uma bebida com cremosidade perfeita.

image

Existem duas opções de chopeiras: a versão a gelo e a elétrica. Ambas mantêm a bebida refrigerada o tempo todo, garantindo chopp gelado a todos os convidados durante a festa ou reunião.

Ter acesso ao barril e chopeira é fácil: é possível alugá-los ao comprar a bebida. O interessante dessa opção é que sai muito mais barato do que adquirir os equipamentos, sendo esta inclusive excelente alternativa para quem está com a grana curta, mas não abre mão de servir chopp em sua festa.

Até mesmo o processo de compra da bebida é simplificado. Dá para adquiri-la pelo Chopp Delivery Curitiba, serviço que garante a entrega da bebida no local da festa, bem como o aluguel dos equipamentos necessários, tudo num pacote só.

E o anfitrião da festa não tem trabalho algum com os equipamentos, que são entregues e instalados por um técnico responsável da empresa. Terminada a recepção, o profissional retira os barris e chopeiras em data agendada e local pré-definido.

Agora você já sabe: para servir um chopp de qualidade e sempre gelado para os convidados de sua festa, é só investir no aluguel de barris e chopeiras, que preservarão a bebida e ainda ajudarão a mantê-la numa temperatura agradável para o consumo.

Leia Mais

Diploma de jornalismo: necessário ou não?

Recentemente foi aprovada uma proposta de emenda constitucional que estabelece a exigência de diplomas de curso superior em jornalismo como um dos requisitos principais para exercício da profissão de jornalista.

Esta proposta passou por uma votação, onde a emenda deverá ainda ser votada em primeiro e segundo turno na Câmara dos deputados. Se ela for modificada na câmara, volta para a nova apreciação do senado.

É uma proposta que modifica a constituição na hipótese de passar por todas as etapas e vir a ser posteriormente sancionada.

image

Uma opinião que divide muitos

Esta medida mesmo tendo obtido um grande favoritismo tem causado muitas polêmicas por ter dividido a sociedade, principalmente os jornalistas, em diversas opiniões contrárias ou favoráveis a respeito do assunto.

Uns mostram apoio e declaram que apenas assim poderão ter de fato a liberdade de expressão que o país precisa devido à validação da profissão, além de uma imprensa mais justa para todos, já que o poder da mesma não deverá estar restrito apenas a classe dos jornalistas. Uns ainda deverão afirmar que o curso de jornalismo é algo obsoleto porque o jornalismo se aprende com a prática no dia a dia da redação e o que as faculdades nada mais fazem é teorizar uma parte mínima desta profissão.

Existem ainda aqueles que ao defenderem a obrigatoriedade do diploma, afirmam que um jornalista vai muito mais além do que escrever bem ou ter uma boa dicção, e até mesmo desenvoltura profissional. Precisa se utilizar técnicas e ética que apenas a faculdade poderá oferecer sem ter o prejuízo do mau profissional.

Outros ainda deverão criticar a decisão, pois julgam que ao mesmo tempo ela confunde liberdade de imprensa e expressão com opinião e jornalismo. Segundo estes, depois desta decisão que chamam de um tanto arbitrária, a imprensa brasileira deverá ser uma imprensa formada por profissionais desqualificados e descompromissados com os valores éticos desta profissão.

Com todo este burburinho o futuro das faculdades de jornalismo é incerto, já que algumas pretendem até mesmo suspenderem os cursos. Outras irão realizar reformas nas ementas, e disciplinas exigidas nos cursos.

Leia Mais

Quais as tendências para a construção de sobrados?

A construção de sobrados em Curitiba está em plena expansão. Um dos grandes motivos do crescimento desse tipo de imóvel é o melhor aproveitamento do terreno proporcionado pelo sobrado.

Quando a metragem do terreno é pequena e a ideia de seu dono é ter uma casa espaçosa, o sobrado possibilita o uso vertical dessa área, construindo um ou mais andares com cômodos maiores.

Com todo esse sucesso e interesse pelos sobrados em Curitiba, surgiram algumas tendências voltadas especificamente para esse tipo de construção. Quer saber quais são as duas principais tendências? Então, é só conferir a lista abaixo:

image

– Construção de sobrado como moradia única: nessa tendência, o primeiro pavimento do imóvel é destinado à garagem, sempre com grande área para armazenar um ou mais automóveis.

Ainda no primeiro pavimento, há o espaço para lazer, com churrasqueira e um pequeno jardim. Em alguns casos, dependendo da área disponível, existe a possibilidade de instalar uma pequena piscina.

Já os demais pavimentos são totalmente destinados para a moradia propriamente dita, com sala, quartos, banheiro, cozinha e área de serviço. O grande diferencial é que nesse caso todos os quartos e sala podem receber sacadas.

– Construção de sobrado como moradia independente: essa tendência tem predominado entre as famílias grandes, pois possibilita a construção de mais de uma casa no mesmo terreno, mesmo que a área disponível seja pequena.

A diferença é que cada pavimento do sobrado vira uma casa independente, uma no térreo e outra no piso superior. Essa é uma ótima pedida para economizar na construção do imóvel como um todo, uma vez que é possível dividir os gastos entre os futuros moradores do sobrado.

Os únicos pontos negativos dessa tendência para construção de sobrados são que somente a residência do pavimento superior pode ter sacada, além do espaço para lazer e garagem do imóvel ser reduzido.

Depois de escolher em qual tendência investir na construção de seu sobrado, o recomendado é consultar um profissional altamente qualificado, como o arquiteto, solicitar um projeto que aproveite da melhor forma possível o terreno disponível, baseando-se nesse trabalho para garantir um imóvel belo e funcional.

Leia Mais

Aprenda como Importar de Casa com apenas um Curso

Importar com sucesso com um curso onlineImportar de casa é, sem dúvidas, uma das melhores maneiras de se ganhar dinheiro sem precisar trabalhar em alguma empresa. Sendo assim, espalham-se pelo Brasil várias pessoas que trocaram o emprego convencional pelo trabalho em casa importando produtos e revendendo os mesmos para pessoas próximas ou então fazendo o dropshipping, que é comprar do fornecedor e enviar o produto diretamente para o cliente.

Importar de casa é uma vantagem que poucas pessoas possuem pois, geralmente, todos estão com pouco tempo devido ao trabalho ou a qualquer outra coisa. Importar de casa requer, pelo menos, de 2 a 3 horas por dia de dedicação para conseguir lidar com fornecedores, com taxas e com os melhores produtos.

Os Melhores países para importar de casa

Para conseguir importar de casa você precisa saber quais são os melhores países para isso. Existem muitos países que possuem isenção de impostos dos produtos que saem de lá, tendo geralmente um limite por produto para não precisar pagar as taxas. Os melhores países para importar de casa são : Uruguai, China, Estados Unidos e Paraguai.

No curso Importando com sucesso, você aprende a importar tudo o que quiser

Muitas pessoas vão até o Uruguai e Paraguai para comprar produtos, porém, existem alguns sites na internet que permite importar produtos desses países de casa.

Importar de casa tem um baixo custo

Enquanto algumas pessoas estão gastando gasolina e dinheiro com alimentação indo até outros países, importar de casa oferece um custo muito baixo, sendo necessário apenas pagar a sua conta de internet e de energia elétrica.

Como começar a importar de casa

O primeiro passo para você começar a importar de casa é descobrir quais são os melhores países, que já citamos aqui, e também saber quais fornecedores possuem o menor prazo de entrega. Com o passar do tempo você terá uma grande lista de fornecedores confiáveis que facilitaram muito a sua vida de importar de casa.

Leia Mais

Profissão músico

O sonho de ser músico habita o imaginário de muitos jovens pelo Brasil. A profissão sofre ainda preconceito e a informação faz com que as mentes mais fechadas se abram para esse universo maravilhoso e plural. Discute-se aqui a profissão músico que abrange um mercado infinito e exige estudo e dedicação. Para quem tem o dom natural, seria a lapidação e especialização para exercer essa função mágica.

A faculdade de música permite ao candidato escolher entre bacharelado e licenciatura. A diferença é que com o diploma de licenciatura o profissional pode exercer as funções de bacharelado e ainda lecionar. Na faculdade o estudante aprenderá como combinar ritmos e sons instrumentais, vocais, acústicos e eletrônicos a fim de criar melodias de modo técnico e artístico. Entre as searas de atuação estão: a composição, regência, interpretação de obras populares e eruditas.

image

É possível trabalhar como compositor criando peças e canções a serem interpretadas por outros artistas. O arranjador faz versões de peças já criadas, transportando-as para outros contextos. Como maestro fica responsável pela regência de orquestras, conjuntos vocais e instrumentais. O formando pode trabalhar como músico de estúdio, gravando para bandas, trilhas sonoras, comerciais entre outros. O músico contratado exerce a função de tocar seu instrumento em bandas de ritmos diversos. Outra fatia do mercado é a criação de jingles para o ramo publicitário e o trabalho do músico com mixagem e masterização de outros artistas. Neste caso, a formação em tecnologia é necessária, pois além dos instrumentos é preciso saber trabalhar com os softwares de gravação disponíveis no mercado entre outros equipamentos reguláveis.

Quem optar por lecionar terá um grande mercado pela frente. Além de poder dar aulas em conservatórios, escolas livres, faculdades e cursos técnicos, o profissional licenciado poderá lecionar para em escolas públicas, já que agora é lei ter música na grade curricular do ensino básico para crianças.

A faculdade de música forma um profissional completo. Vale lembrar que há escolas técnicas com cursos de música e tecnologia específicos para cada instrumento e equipamento, caso o candidato já tenha uma ideia definida do direcionamento da sua formação.

Leia Mais

Métodos alternativos de construir uma casa

Construir uma casa é uma ideia que pode ser explorada das mais diversas formas e com técnicas e materiais de construção muito abrangentes, se você deseja fazer uma construção utilizando materiais alternativos ou até mesmo de formas diferenciadas, acompanhe!

Madeira – Fazer a utilização de madeira na construção é uma técnica muito antiga e muito útil para o dia a dia, a madeira é uma material muito durável e resistente, o que traz diversas vantagens, além disso, é um material que ajuda no controle climático residencial. A madeira é um material sustentável já que é 100% reciclável e pode ser utilizada em outros projetos quando a casa precisa de reformas.

Pré Moldados – Os pré-moldados são uma excelente opção para quem deseja construir rapidamente e com qualidade, eles são muito práticos e trazem diversas vantagens para quem deseja fazer a construção de uma casa ou até mesmo um galpão para uma empresa. Outra dica de construção é fazer  a utilização de paredes de gesso ou materiais mais finos, dessa forma você economiza muito mais espaço dentro de casa e aproveita o espaço interno de uma forma perfeita.

image

Casas pré Construídas –  Na construção de uma casa existe uma solução que é pouco popular no país mas que existe um mercado muito amplo em todo o país, é a utilização de projetos prontos, esses projetos podem ser em madeira ou em alvenaria, esses projetos são de certa forma mais caros, mas o tempo de execução do projeto é muito reduzido e o resultado final é sempre bem agradável. As casas pré-construídas de madeira são muito simples de serem construídas e ficam muito mais bonitas.

Essas são algumas das mais diversas opções de construção com materiais alternativos dentro do mercado de construção, existem hoje em dia muito mais opções, como materiais recicláveis e sustentáveis, porém, para esses materiais existem diversas dificuldades para fazer a utilização dos mesmos. Se você conhece algumas outras opções de materiais alternativos, entre em contato conosco e fale sobre os seus métodos de construção, nós teremos o maior prazer em saber quais são as suas sugestões.

Leia Mais

5 dicas importantes para organizar o seu casamento

Preparar um casamento dá trabalho, e, para que tudo seja perfeito no dia mais esperado pelos noivos, é importante organizar tudo com antecedência. São tantos detalhes que o melhor é fazer um check list. Encontrar um salão de festas em Curitiba não é problema, o que pode ser difícil é encontrá-lo disponível.

Para começar, faça um cronograma para acompanhar os preparativos do seu casamento. Um ano antes da data escolhida é bom que você já tenha uma pré-lista de convidados, local onde a cerimônia e a festa acontecerão, bem como a decoração. Em Curitiba, alguns lugares são muito concorridos, por isso, se adiantar no cronograma é fundamental para que você consiga realizar seus sonhos.

image

  1. Abra uma nova conta, na qual será feita a movimentação de todos os gastos com o casamento. Não misture seus gastos pessoais com os do evento. Fica mais fácil controlar as despesas com os cheques saindo de um só lugar. Outro ponto importante é ter um fichário ou pasta para guardar contratos, orçamentos, folhetos e todos os documentos dos serviços e produtos comprados, evitando assim desencontros de informações.
  2. Quando for escolher o buffet de casamento em Curitiba faça degustação. Não contrate o buffet sem frequentar outras festas em que o serviço foi contratado. Não feche nada sob pressão, adquira apenas o que você quer. Curitiba é repleta de opções gastronômicas, que vão desde as churrascarias na beira da Av. das Torres, até os restaurantes italianos de Santa Felicidade. O mesmo serve com os dj’s e banda que você quer contratar para a sua festa, ao definir, faça uma lista com suas músicas preferidas para serem tocadas no seu casamento. Porém, seja discreto nas festas, o seu dia de brilhar ainda vai chegar.
  3. Tente fechar todas os serviços com bastante antecedência, isso lhe dará mais tempo para o pagamento, os fornecedores, normalmente, parcelam as faturas até a data do casamento. Lembre-se, você tem a decoração, o vestido de noiva, roupas das damas de honra, filmagem, fotografia, maquiagem, penteado, convites, e muitos outros detalhes que somados pesarão no bolso, portanto, quanto mais tempo para pagar, melhor, até porque, depois da festa tem a lua-de-mel! Curitiba é uma cidade repleta de opções para oferecer esses serviços, por isso, não perca tempo e faça tudo com calma e com certeza!
  4. Na hora de definir todos os serviços e roupas, leve em consideração o clima da cidade. Curitiba, costuma ter estações climáticas bem definidas: no inverno é frio (de verdade) e no verão é calor (bem intenso). Por isso, desde o cardápio, até o vestido da noiva devem ser pensados de modo a se adequar a temperatura que costuma fazer no período. É claro que, por se tratar de Curitiba, o clima pode ser um pouco bagunçado (calor no inverno – frio no verão), porém, se formos levar em consideração o que é mais comum, prepare-se bem levando em conta a estação do ano.

Agora que tudo está muito bem planejado, não se esqueça do mais importante, esteja bem no dia escolhido para realizar seu sonho. Durma bem, se alimente e tente fazer outras coisas que não estejam diretamente ligadas ao casamento. Seja feliz!

Leia Mais

3 vantagens e 3 desvantagens de alugar um imóvel em Curitiba

Embora a compra de casas e apartamentos tenha crescido, principalmente devido ao fácil acesso ao crédito, o aluguel de imóveis continua em alta nas imobiliárias em Curitiba, empresas responsáveis por realizar a maioria das transações de locação.

Curiosamente, esse é um tipo de negócio que tem suas vantagens e desvantagens. Quer saber quais são elas antes de alugar um imóvel para você e sua família? Então, confira a lista a seguir!

Vantagens do aluguel:

1) Alugar imóveis é muito mais barato do que comprar um. Isso se justifica pelos altos preços das mensalidades de financiamento. Em longo prazo, pode compensar mais alugar e economizar mensalmente o que sobrar, para comprar posteriormente um imóvel à vista.

2) A locação dá maior mobilidade, o que é perfeito para quem viaja com frequência, seja a trabalho ou estudos. O aluguel possibilita que o locatário possa se desligar rapidamente do imóvel, sem ter de lidar com longos trâmites financeiros, como acontece no caso da venda da propriedade.

3) Com o aluguel eliminam-se os gastos com manutenção do imóvel. Na locação, eventuais despesas para manter a construção são realizadas pelo proprietário. O locatário só paga danos causados por ele próprio.

For-Lease

Desvantagens do aluguel:

1) Ao optar pelo aluguel, não se investe num bem próprio, ou seja, não há a segurança da casa própria e o retorno do dinheiro. Por isso, a locação é não a melhor opção para quem deseja formar família e patrimônio para deixar a ela.

2) O locatário pode ser forçado a se mudar. Normalmente essa cláusula é mencionada no contrato: o dono do imóvel pode solicitar a propriedade para o inquilino, que tem um curto prazo para se mudar. Nesse caso, tem-se trabalho dobrado para arrumar um novo imóvel para alugar.

3) Os gastos com o aluguel não são estáticos. O valor mensal pago é corrigido anualmente, seguindo taxa de inflação mencionada em contrato. Além disso, após o término do período de locação, o proprietário pode renovar o contrato, mas elevar o valor do aluguel. Isso acontece com frequência em regiões de Curitiba que se valorizaram com o passar dos anos.

Leia Mais

Escolhendo o bolo de casamento

O bolo de casamento também é um dos grandes protagonistas do grande dia, por isso, também merece atenção especial na sua confecção. A tradição diz que ele oferece fertilidade e abundância aos noivos, por isso, muitas vezes recebe um destaque especial no meio do salão. Com inúmeros sabores, formas e alturas para decidir, alguns detalhes devem ser levados em conta na hora de definir o seu bolo, como a decoração e a época do casamento, por exemplo.

Em épocas em que o clima está com a temperatura mais elevada, como primavera e verão, o bolo deve ser mais leve, com um recheio de frutas. Já na estação outono/inverno o recheio pode ser feito de chocolate. Mas fique bastante atenta ao escolher o sabor do seu bolo de casamento, lembre-se que são muitos convidados e, consequentemente, muitos gostos para agradar. Portanto, escolha um sabor mais “neutro”, você não precisa ousar tanto nesse quesito. Depois do sabor, escolha o tipo de cobertura para seu bolo. O preferido é o “fondant”.

image

Escolhido o bolo e a cobertura, é hora de decidir como será a personalização dos noivinhos de biscuit! É nessa hora que é legal brincar com o noivo e a noiva. Existem inúmeros modelos de bonecos para serem montados, basta ter bastante criatividade. Os noivinhos personalizados podem virar uma das atrações principais da festa, dependendo da sua ousadia! O mais comum é brincar com a profissão dos noivos e montar os bonequinhos de acordo com o que eles escolheram como carreira. Adicionar outros elementos que fazem parte da vida do casal também fica muito bacana. Um gato ou um cachorro, por exemplo, pode ficar no bolo ao lado dos noivos!

Os biscuits personalizados e o bolo de casamento em geral também podem contar a história dos noivos com a sua confecção. Detalhes podem ser adicionados, como o vestido e o cabelo escolhidos pela noiva serem reproduzidos na réplica, assim como o buquê, a roupa do noivo e possíveis tatuagens do casal.

Decida seu bolo, seus biscuits e a decoração envolta de tudo isso com aproximadamente um mês antes do grande dia. Para que tudo saia perfeito e do jeito que você quer, é preciso estar segura da disponibilidade de datas do seu fornecedor. Calcule aproximadamente 100g por convidado (se o bolo for o único doce servido). E faça essa conta para aproximadamente 30% dos seus convidados, pois não são todos que comem o bolo de casamento. Assim, evitam-se desperdícios desnecessários.

Leia Mais